28 dezembro 2014

UTILIZANDO O LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COMO ESPAÇO DE INTEGRAÇÃO ESCOLA-UNIVERSIDADE

No dia 30 de julho de 2014, foi aplicada para alunos do Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota a oficina "UTILIZANDO O LABORATÓRIO DE INFORMÁTICA DO CURSO DE MATEMÁTICA COMO ESPAÇO DE INTEGRAÇÃO ESCOLA-UNIVERSIDADE", pelos bolsistas: Antônio Jonas Farias e Fábio Gomes de Lima.
A atividade teve como alvo 15 alunos do 3º ano do ensino médio do turno manhã desta mesma escola. O objetivo desta oficina foi de aproximar os jovens estudantes da realidade de uma universidade promovendo um interesse maior pela ciência. Levar os alunos a explorar funções através da visualização, construção e classificação com o uso do software GeoGebra e mostrar a relação entre funções e sistemas lineares através de gráficos.
Antes do inicio da oficina foi apresentado aos estudantes o bloco do curso de Matemática da UVA que fica localizado no campus Cidao, em Sobral. Em seguida os alunos dirigiram-se ao Laboratório de Informática da Matemática (LIMA), onde a oficina foi realizada. Com o uso do software GeoGebra foi mostrado aos alunos o comportamento das funções afim e quadrática quando se variam os seus coeficientes. Também foram analisadas as soluções de sistemas lineares de duas variáveis através da visualização da posição relativa entre os gráficos. A oficina foi realizada em um único encontro na manhã do dia 30 de julho de 2014.
Alunos do Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota analisando o comportamento dos gráficos das funções afim e quadrática através do software GeoGebra.
Alguns alunos ainda não conheciam o ambiente da Universidade, e a ocasião fez crescer o interesse por parte desses. Eles apresentaram grande interesse nas discussões promovidas, contribuindo e participando ativamente, tanto na manipulação do software, o qual ainda não conheciam, quanto nas explicações da teoria matemática envolvida no assunto abordado. Muitos relataram que a visualização dos gráficos através do software GeoGebra facilita muito a compreensão do conteúdo, além de estimular ainda mais no estudo de Matemática. Alguns afirmaram que professor algum jamais havia os levado para uma aula de Matemática em um laboratório de informática. Contudo, foi uma ótima troca de experiências entre os bolsistas de licenciatura e os alunos da escola. 

Alunos e bolsistas ao final da oficina
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário