29 outubro 2017

Oficina Gincana Geométrica
Durante o mês de outubro, bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência da Universidade Estadual Vale do Acaraú atuantes no Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota aplicaram, nos turnos matutino e vespertino, a Oficina Gincana Geométrica com alunos do 2º e 3º ano do Ensino Médio.
A Gincana é trabalhada de forma cooperativa para que a equipe exponha suas estratégias para a solução de problemas. O intuito é estimular o aluno a desenvolver seu raciocínio lógico diante de problemas geométricos, além de incentivar os mesmos a serem construtores do seu próprio conhecimento e pensamento crítico.
Foto: Mailane Silva
Foto: Mailane Silva

A gincana, composta por 20 fichas com perguntas sobre Geometria que estavam distribuídas sobre uma mesa, foi realizada em dois grupos e pediu-se que cada equipe elegesse um representante para vir à frente. Os representantes, um por rodada, tiveram que escolher uma ficha e a mesma seria resolvida pelas equipes, limitando-se ao tempo de três minutos.
Caso calculassem corretamente e mais rápido, receberiam uma forma geométrica contendo a pontuação. Caso estivesse errada a equipe oponente teria a oportunidade de respondê-la, no entanto com pontuação menor, e assim sucessivamente até chegar a 6ª chance de respondê-la. A pontuação, por ordem de resposta correta, deu-se da seguinte forma:
1ª Resposta correta - Recebe um retângulo rosa que vale 30 pontos.
2ª Resposta correta - Recebe um retângulo bege que vale 20 pontos.
3ª Resposta correta - Recebe um quadrado rosa que vale 15 pontos.
4ª Resposta correta - Recebe um retângulo amarelo que vale 10 pontos.
5ª Resposta correta - Recebe um retângulo azul que vale 5 pontos.
O grupo que não conseguir responder corretamente receberá um quadrado branco, onde seriam descontados cinco pontos a cada posse dessa forma neste mesmo tom de cor.
Ao término das 20 perguntas respondidas pelas equipes, será feita a contagem de pontuações e determinada a equipe vencedora. Após a aplicação, foi realizada uma análise dos acertos e erros dos alunos e a premiação dos que obtiverem o melhor desempenho como forma de incentivo.
Foto: Bruna Rodrigues

Aplicações como essa se diferem da rotina de sala de aula e colaboram na motivação dos alunos uma vez que permite que a matemática seja apresenta de forma mais atrativa. Acredita-se que com essa aplicação foi possível ampliar os conhecimentos dos estudantes a respeito do assunto estudado onde os mesmos sejam capazes de solucionar eventuais problemas relacionados a geometria nas mais diversas situações sejam na escola ou no seu dia a dia.

27 outubro 2017

+ Matemática mês de Outubro
Continua-se pelas tardes das quartas feiras, a aplicação do Projeto +Matemática com alunos de 3° ano do ensino médio do Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota, localizado em Sobral - CE. Os encontros são feitos em turnos alternativos ao de estudo dos alunos, como pela tarde que é reservado exclusivamente para estudantes que frequentam regularmente no turno da manhã.

No decorrer do mês de Outubro foram realizadas atividades contextualizadas e resoluções de exercícios sobre Geometria Plana e Geometria Espacial com foco em questões voltado para o vestibular.

                    
                                                         
Foto: Mailane Silva


                                                                                 Foto: Hynara Lyvia
                   
                                                                             
                                                                     Foto: Mailane Silva

Este projeto vem sendo realizado com o intuito de reforçar o conhecimento dos alunos, tirar suas dúvidas e explorar metodologias de ensino, este ultimo por parte dos bolsistas ID. A dificuldade encontrada, como pode ser visto até nas fotos acima, é quantidade de estudantes frequentes, verifica-se também a dificuldade de alguns alunos quando se trata de Geometria EspacialObserva-se que essa forma de ensino é muito enriquecedora para o aprendizado do aluno, pois ao interpretar questões voltadas para vestibular ajuda o aluno nas outras disciplinas curriculares por ser uma avaliação interdisciplinar e contextualizada. 


20 outubro 2017

VII Encontro de Extensão e Cultura - Oficina: Construção Relato de Experiência
Na tarde do dia 20 de outubro de 2017, a bolsista do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática e atuante no Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota, participou da oficina intitulada “Construção Relato de Experiência” ministrada pela Profa. Dra. Eliany Nazaré Oliveira.
Foto: Bruna Rodrigues
Tal oficina foi promovida através do Encontro de Extensão e Cultura que está em sua 7ª edição, realizada no auditório do Memorial da Educação Superior de Sobral(MESS), localizado no Campus CIDAO da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA).
Foto: Bruna Rodrigues
Foto: Bruna Rodrigues
No decorrer da ocasião, foram expostos pela Professora Dra. Eliany, dicas e instruções de como produzir trabalhos do modelo em questão e de como definir ocasiões que sirvam de utilidade para esses relatos. Foi um momento agradável em que estiveram presentes também alunos do curso de enfermagem, possibilitando o compartilhamento conhecimentos, voltados as criações de projetos do tipo.
Foto: Bruna Rodrigues

30 setembro 2017

+Matemática (mês de Setembro)
Dando continuação pelas tardes das quartas feiras, a aplicação do Projeto +Matemática com alunos de 3° ano do ensino médio do Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota, localizado em Sobral - CE. Os encontros são feitos em turnos alternativos ao de estudo dos alunos, como pela tarde que é reservado exclusivamente para estudantes que frequentam regularmente no turno matutino.
No decorrer do mês de Setembro foram realizadas atividades contextualizadas e resoluções de exercícios sobre Probabilidade e Análise Combinatória.
Foto: Mailane Silva

Foto: Hynara Lyvia
Com o intuito de reforçar o conhecimento dos alunos, tirar duvidas e utilizar novas metodologias de ensino por parte dos bolsistas, este projeto vem sendo realizado. Como pode ser visto nas imagens, os alunos vem com bastante frequência e são bastante interessados nas aulas e super participativos, com o intuito de aprofundar mais seus conhecimentos.
Vídeo Tutorial: Jogo Brincando com Estatística e Probabilidade
Abaixo temos o vídeo tutorial do jogo que foi aplicado no Projeto Oficina Escolar no decorrer do mês de Agosto e Setembro, com os alunos do Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota - Sobral, CE. O jogo intitulado Brincando com Estatística e Probabilidade, tem como intuito: estimular o interesse dos alunos pela temática abordada; Aguçar o pensamento estatístico e probabilístico; Conduzi-los no trabalho em equipe, entre outros objetivos.

Para os bolsistas, é realizado para adquirir ganho de experiência na prática em sala de aula através de atividades lúdicas, tendo contato direto com os alunos além do projeto +Matemática aplicado nos turnos matutino e vespertino, e obtenção de conhecimentos tanto para a prática de ensino quanto no estudo para realização deste Projeto.

Assista, compartilhe, quaisquer dúvidas, comente!






29 setembro 2017

+Matemática
Continua-se pelas manhãs das terças feiras, a aplicação do Projeto +Matemática com alunos de 3° ano do ensino médio do Colégio Estadual Dom José Tupinambá da Frota, localizado em Sobral - CE. Os encontros são feitos em turnos alternativos ao de estudo dos alunos, como pela manhã que é reservado exclusivamente para estudantes que frequentam regularmente no turno vespertino.

No decorrer do mês de Setembro foram realizadas atividades contextualizadas e resoluções de exercícios sobre Probabilidade e Análise Combinatória.
Foto: Edson Sousa
Foto: Edson Sousa
E no último dia do Projeto no mês, pôde ser adiantado o conteúdo de Geometria, onde nos próximos dois meses(Outubro, Novembro) serão trabalhados geometria plana, analítica e espacial, através de contextualizações e resoluções de problemas que mais caem em avaliações externas e vestibulares.

Foto: Thays Pontes
Foto: Bruna Rodrigues
Foto: Bruna Rodrigues
Este projeto vêm sendo realizado com o intuito de reforçar o conhecimento dos alunos, tirar suas dúvidas e explorar metodologias de ensino, este ultimo por parte dos bolsistas ID. A dificuldade encontrada, como pode ser visto até nas fotos acima, é quantidade de estudantes frequentes. Em contra turno, existe apenas uma turma de 3° ano, na qual é o foco do projeto nesta temporada, e nesta turma poucos alunos se dispõe no horário da aplicação destas atividades na escola.
Em breve, se possível, este quadro poderá se reverter. Possibilitando abranger uma maior quantidade de público alvo.

23 setembro 2017

V Encontro do VI Ciclo de Reflexões
Aconteceu na tarde do dia 21 de setembro mais um encontro do VI Ciclo de Reflexões do subprojeto de Matemática do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) com o tema "Temos uma Escola do século XIX, um Professor do século XX e um Aluno do século XXI" Mozart Neves Ramos, ministrado pela equipe atuante na escola Monsenhor Linhares.

Arte: Anderson Freitas
Durante o encontro foi possível analisar as mudanças que ocorreram na estrutura da instituição, na formação e atuação dos professores e no acesso e comportamento dos alunos no decorrer do tempo, assim como as dificuldades enfrentadas por ambas as partes.

Foto: Aristide Vasconcelos
O encontro proporcionou importantes contribuições para a formação dos participantes, provocando reflexões sobre que profissionais queremos ser.

02 setembro 2017

Reunião Mensal
Aconteceu na tarde do dia 31 de agosto, no Laboratório de Ensino de Matemática (LEMA) a reunião mensal realizada entre bolsistas, supervisores e coordenador de área do subprojeto de Matemática do PIBID/UVA.
Foto: Edson Sousa
Na ocasião, foram apresentados os resultados de uma enquete realizada com os bolsistas e supervisores do subprojeto de Matemática atuantes nas escolas Monsenhor Linhares, Dr. João Ribeiro Ramos e Dom José Tupinambá da Frota, que teve o objetivo analisar as atividades realizadas no subprojeto e a relação com os demais.
Foto: Edson Sousa
Foram apresentadas também as atividades realizadas durante o mês de agosto nas escolas parceiras do subprojeto. Além da exposição das atividades planejadas para o mês de setembro.
Foto: Edson Sousa

31 agosto 2017

+Matemática: Mês de Agosto
No decorrer do mês de agosto, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e atuantes no Colégio Dom José Tupinambá da Frota, promoveram nas terças pela manhã, a continuidade das atividades do projeto +Matemática.
Foto: Bruna Rodrigues
Foto: Bruna Rodrigues
Desta vez, o projeto teve como foco alunos do 3° ano do turno vespertino e foram trabalhados materiais com o assunto de Análise Combinatória.

Foto: Bruna Rodrigues
Foto: Bruna Rodrigues
Por meio de resoluções de problemas os participantes puderam relembrar e aprender novos meios de resolver problemas voltados para este assunto. Para o próximo mês, será trabalhado por este mesmo meio, a estatística.

30 agosto 2017

Oficina: Brincando com estatistica e probabilidade
Nos dias 16 e 30 do mês de Agosto, bolsistas atuantes do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), realizaram aplicação da oficina: Brincando com estatística e probabilidade com alunos do 1° e 2° anos do Ensino Médio da Escola Dom José Tupinambá da Frota.


O jogo é composto por um roteiro de 20 casa/espaços e que serão transpostos quando os grupos responderem assertivamente as “Perguntas” ou questões identificadas como “Saiba mais”, além de casas/espaços onde há a possibilidade de avançar casas denominadas “Avance” ou outras em que se tenha que retornar a espaços/casas denominadas “Retorne”.
Regras:
  • No início do jogo, os grupos devem colocar suas peças na casa “Partida”, e em seguida, joga-se o dado para verificar qual grupo iniciará o jogo. O grupo que obter o maior número inicia a partida. 
  • O grupo que tirou o maior número do dado joga-o novamente e posiciona sua peça na casa correspondente ao valor do dado; 
  • Se a peça que representa o grupo cair na casa das perguntas, um dos componentes do grupo terá que tirar uma pergunta do monte denominado “Pergunta” e ler para todos os participantes do jogo. Em seguida os 2 (dois) grupos responderão à pergunta em folha, em branco, disponibilizada. 
  • Caso o grupo acertar a pergunta deverá andar no tabuleiro quantidade de casas correspondentes ao valor retirado do lançamento do dado. Caso o grupo erre a pergunta, não andará nem recuará nenhuma casa, mas o grupo que não estiver participando da rodada terá o direito de responder à questão, podendo andar o total de casas correspondentes à questão, caso acerte. Se os dois grupos errem, o responsável pela condução do jogo irá interferir aproveitando o momento para sanar dúvidas quanto a dificuldade apresentada; 
  • Caso a peça que identifica o grupo cair na casa “Saiba +”, deverá ler a curiosidade em voz alta para todos os participantes e mover a peça no tabuleiro a quantidade de casas que a ficha determina;
  • Caso a peça que representa o grupo cair na casa “Avance” casas, a peça deverá ser movida o tanto de casas correspondentes, e na casa “Retorne”, deverá fazer o mesmo; 
  • Ganha a partida o grupo que completar uma volta completa no tabuleiro.
Segundo os Parâmetros Curriculares Nacionais – PCN: 
Os jogos constituem uma forma interessante de propor problemas, pois permitem que estes sejam apresentados de modo atrativo e favorecem a criatividade na elaboração de estratégias de resolução e busca de soluções. Propiciam a simulação de situações- problema que exigem soluções vivas e imediatas, o que estimula o planejamento das ações; possibilitam a construção de uma atitude positiva perante os erros, uma vez que as situações sucedem-se rapidamente e podem ser corrigidas de forma natural, no decorrer da ação, sem deixar marcas negativas. (Brasil, 1998, p. 46)
OPMAT - Agosto - Corrida Trigonométrica
Na tarde do dia 10 de Agosto de 2017, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e atuantes na Escola Dom José Tupinambá da Frota, ministraram uma oficina pedagógica de matemática (OPMAT).
A Oficina foi iniciada com uma breve introdução sobre o que é o jogo e a importância dos jogos na aprendizagem. E logo após foi realizado a explanação do jogo Trigonometrilha, em seguida sendo realizada a construção, a exposição das regras e a tão esperada prática do jogo.

Este é um jogo de percurso cujo objetivo é possibilitar aos alunos a utilização de relações simples das funções trigonométricas em arcos fundamentais, o cálculo aproximado de raízes quadradas, o calculo de valores aproximados e a realização de estimativas envolvendo relações trigonométricas.
Regras do jogo:
* As cartas são separadas de acordo com as indicações, embaralhadas e colocadas em cada monte no centro do tabuleiro com as faces voltadas para cima.
* Decide-se quem começa o jogo. Os marcadores são colocados na posição indicada PARTIDA.
* Em cada jogada, o jogador retira uma carta de um dos quatro montes á sua escolha; calcule o valor de x da casa onde se encontra seu marcados, substituindo α pelo valor da carta; anota o valor obtido para x (que deve ser conferido pelos demais jogadores). Essa carta não poderá mais ser utilizada nas jogadas seguintes.
* Cada jogador desloca seu marcador o número de casas correspondentes ao valor de x, consultando a tabela registrada no tabuleiro.
* Se o jogador errar o valor aproximado de x, perde a vez da jogadar.
* Vence o jogador que fizer, em primeiro lugar, uma volta completa no tabuleiro (passando novamente pela casa de partida).
* À medida que acabarem as cartas de cada monte, estas serão novamente embaralhadas e repostas no respectivo monte.

29 agosto 2017

+Matematica
No mês de agosto, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), promovem nas quartas-feiras à tarde atividades do projeto +Matemática com alunos dos 3°anos do Ensino Médio da Escola Dom José Tupinambá da Frota, escola em que os bolsistas são atuantes.
Foto: Mailane Silva
Foto: Mailane Silva

No mês de agosto os bolsistas estão revisando os conteúdos de análise combinatória ( Princípio fundamental da contagem, Fatorial, Permutação simples, Permutação com repetição, Arranjo simples e combinação simples).

Foto: Heraldo de Lima
Alunos dos 3° anos da escola Dom José Tupinambá da Frota estão tendo oportunidade de revisar os conteúdos de análise combinatória com os estudantes de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú. No mês de setembro será revisado os conteúdos de probabilidade.

Foto: Mailane Silva
Foto: Heraldo de Lima

04 agosto 2017

Reunião de planejamento para as atividades do Mês de Agosto de 2017
Na manhã do dia 3 de Agosto de 2017, os bolsistas do subprojeto de Licenciatura em Matemática do PIBID atuantes no Colégio Dom José Tupinambá da Frota, reuniram-se para planejar as atividades a serem realizadas no mês de Agosto.
Foto: Hynara Lyvia Ferreira
Foto: Hynara Lyvia Ferreira
Dentre as atividades, tem-se a aplicação da oficina escolar sobre o jogo "Brincando com Estatística e Probabilidade"; Continuidade do Projeto +Matemática nos turnos matutino e vespertino e produção do vídeo tutorial sobre o jogo a ser aplicado no decorrer do mês.

31 julho 2017

Atividades previstas para os meses de Agosto e Setembro do ano de 2017
Para os Bolsistas do Colégio Dom José Tupinambá da Frota, do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), está começando mais um novo bimestre. E neste bimestre têm como previsão o plano das seguintes atividades:

  • Continuar as divulgações neste blog de todas as atividades realizadas na escola; 
  • Produzir projetos científicos sobre as atividades aplicadas; 
  • Produzir vídeos tutoriais sobre as oficinas do jogo "Brincando com Estatística e Probabilidade", atividade na qual será aplicada na escola no decorrer do mês de Agosto, e do jogo "MAX_MIN - Estatístico" que será aplicada no decorrer do mês de Setembro; 
  • Divulgar os vídeos tutoriais produzidos sobre os jogos; 
  • Continuar com a aplicação do Projeto + Matemática, só que voltado aos assuntos de Análise Combinatória e Probabilidade, tendo como público alvo os alunos de 3° anos A, B, C, D, E e F da Escola.
Foto: Pixabay
Planejar antecipadamente as atividades faz com que elas sejam realizadas com sucesso. Assim pode-se conseguir os objetivos das aplicações de forma eficiente e rápida, sem desperdício de tempo. Principalmente quando estas atividades envolvem uma quantidade numerosas de pessoas, como é o caso destas ações.

30 julho 2017

Gincana Meio Ambiente em Formas
Esta atividade foi realizada no dia 26 de Junho de 2017, por bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e atuantes no Colégio Dom José Tupinambá da Frota, localizada em Sobral - Ce. Nela tiveram como objetivos alinhar a Matemática, em específico a Geometria Espacial, ao Meio Ambiente.

Aconteceu da seguinte forma:
De início, ocorreu um momento de conscientização em sala de aula sobre o meio ambiente, assim como a explicação da presença da Matemática em situações que o envolvam. A atividade foi desenvolvida em forma de gincana, a qual teve como público alvo um grupo de 10 alunos do segundo ano do Ensino Médio da Escola, divididos em duas equipes aleatoriamente. Ao término do primeiro momento deu-se início a explicação das regras da gincana, que teve como objetivo recolher todos os envelopes que foram dispostos previamente em pontos estratégicos da escola; Cada envelope continha uma carta com a dica do próximo local, uma charada com uma característica sobre o sólido geométrico a ser descoberto e um texto de conscientização referente ao local onde o envelope se encontra.
Foto: Hynara Lyvia Ferreira
Foto: Mailane Viera
Foto:Bruna Rodrigues
Durante o percurso, os alunos deveriam recolher materiais recicláveis presente na escola, com o intuito de receber um envelope bônus contendo algumas figuras de sólidos geométricos para facilitar na descoberta da charada. A primeira equipe a concluir a primeira etapa – recolher os seis envelopes – direcionou-se para a sala e recebeu 7 pontos, enquanto a segunda equipe recebeu 6 pontos. A equipe que respondeu corretamente a charada recebeu 3 pontos, que foram somados aos pontos da primeira etapa e determinaram a equipe campeã da gincana.

Venha saber mais detalhes sobre como aconteceu esta atividade! Confira o vídeo abaixo:

22 julho 2017

 Oficina Soma Zero
No mês de Junho, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), realizaram aplicação da oficina sobre o Soma Zero com alunos do 1° e 2° anos do Ensino Médio da Escola Dom José Tupinambá da Frota, escola em que os bolsistas são atuantes.

O jogo foi realizado com três equipes, cada uma com quatro participantes, onde todos os quatros foram adversários entre si. O material utilizado: 40 cartas numeradas de -20 a 20, o zero não pertence a esse intervalo. A regra do jogo foi aplicada da seguinte maneira: as cartas foram embaralhadas por um dos participantes, depois o mesmo distribuiu 9 cartas entre eles, restando 4 cartas. As mesmas foram colocadas sobre a mesa de face para baixo. Após esses processos, escolhe um participante para iniciar o jogo pegando uma carta das quais ficaram na mesa. Na sua vez, o jogador tenta somar zero, juntando uma das cartas de sua mão com uma ou mais da mesa. Se conseguir, retira para si o conjunto usado na jogada formando seu monte; caso contrário, deixa na mesa uma carta qualquer de sua mão. O jogo acaba quando terminarem as cartas ou quando não houver mais possibilidade de somar zero. Ganha quem tiver o maior número de cartas no monte ao final do jogo.

Essa metodologia representa uma nova ideia de ensinar matemática, onde o educador é o agente passivo na construção do conhecimento do aluno. O educando é o agente ativo na construção do conhecimento, ou seja, ele não receberá resultados “prontos”, mas sim, irá buscá-los e interpretá-los.

Foto: Heraldo de Lima
Foto: Edson Sousa Ribeiro
Foto: Maria Mailane Vieira
A utilização de jogos melhora a aprendizagem, principalmente na área de Matemática, essa utilização promoverá situações desafiadoras, elucidativas e construtivistas para o desenvolvimento da inteligência e habilidades dos educadores e educandos. A oficina possibilita uma aprendizagem sistemática de fácil compreensão, melhorando o desempenho nas atividades escolares, reduzindo ao máximo os problemas detectados na escola, especificamente na disciplina de Matemática.

20 julho 2017

 Reunião Mensal de Junho 2017
Na tarde do dia 20 de Julho de 2017, aconteceu no Laboratório de Ensino de Matemática (LEMA) a Reunião Mensal do PIBID Subprojeto de Matemática, mediada pelo coordenador de área Márcio Nascimento.
Foto:Bruna Rodrigues
Na ocasião, foi realizada inicialmente um diagnostico trimestral e discussão da continuação ou não do projeto +matemática entre as escolas,onde cada grupo apresentou como foi o desenvolvimento do projeto nesse período. Por fim ficou decidido a continuação do projeto e o compromisso dos bolsistas em tornar o projeto mais atrativo para um interesse maior e melhor frequência dos alunos. Dando continuidade a reunião, foi apresentado por escola as atividades do próximo trimestre sobre o +matemática e as oficinas a serem realizadas.
Reunião com o Supervisor Fernando Jr. de Araújo
Na manhã do dia 20 de Julho de 2017, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do Subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e atuantes na Escola Dom José Tupinambá da Frota, realizaram uma reunião com o Supervisor Fernando Jr. de Araújo na escola em que são atuantes.
Foto: Jonas
Foto: Jonas
Na ocasião, foram discutidos o rumo que o Projeto +Matemática tomaria nos turnos Matutino e Vespertino da escola; As oficinas a serem aplicadas nos meses de Agosto e Setembro e levantamento das atividades já realizadas para a produção de formulários semestrais. Momentos como esse são fundamentais para o planejamento e socialização entre os bolsistas. 

19 julho 2017

Curso De “Formatação Básica De Apresentações Usando LaTeX/Beamer”
Aconteceu no dia 19 de julho de 2017 o curso de "Formatação Básica de Apresentações Usando LaTeX/Beamer" como parte das atividades dos bolsistas do subprojeto de Matemática do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação a Docência (PIBID) da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) atuantes nas escolas Dr. João Ribeiro Ramos, Dom José Tupinambá da Frota e Monsenhor Linhares.

Foto: Márcio Nascimento
Inicialmente, foi realizada uma revisão dos conceitos básicos de edição de textos científicos no LaTeX, visto em um curso realizado durante os meses de junho e julho de 2016 pelo professor Márcio Nascimento. Em seguida, inicio-se de fato o curso de formatação de apresentações no LaTeX, também ministrado pelo professor Márcio Nascimento. Durante o curso, foi possível conhecer a formatação de uma apresentação em LaTeX, muito utilizada em apresentações de Monografias, Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC) e apresentações em eventos, assim como a inserção de fórmulas matemáticas tanto em textos científicos quanto em apresentações utilizando o LaTeX.

13 julho 2017

VI Encontro PIBID/UVA - Minicurso: "O Ensino de Estatística por Meio de Jogos"
Na tarde do dia 13 de Julho de 2017, bolsistas do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Docência (PIBID) do subprojeto de Matemática da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) e atuantes na Escola Dom José Tupinambá da Frota, ministraram o minicurso sobre "O Ensino de Estatística por Meio de Jogos".

Foto: Edson Sousa
De início, os bolsistas expuseram o seu significado, o contexto histórico sobre a Estatística, a sua importância no cotidiano e no ensino, entre outros. Logo após, aconteceu a apresentação dos jogos Blue & Red, Brincando com Estatística e Probabilidade e o Jogo Max_Min, que inspiraram a produção e realização deste minicurso. 
Foto: Aristide Vasconcelos
Foto: Aristide Vasconcelos
Os jogos puderam ser praticados após os ministrantes explicarem que a realização seria através de uma competição em rodízios. Cada equipe foi posta em uma mesa que continha um jogo e após certo tempo de prática iniciaria a competição. Desta forma foram realizados três rodízios, onde todos puderam conhecer melhor os jogos propostos.
Para mais detalhes, assista o vídeo abaixo:





‹‹ Postagens mais recentes Postagens mais antigas ››